ARTIGOS

Carteira Nacional de Habilitação: consciência, educação e segurança

Carteira Nacional de Habilitação: consciência, educação e segurança Durante o processo de habilitação, o candidato deverá realizar avaliação psicológica, exame médico, curso e prova teórica sobre legislação de trânsito e primeiros socorros De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), para se obter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) é obrigatório que o cidadão realize exames junto ao órgão executivo do Estado,  

Respeite os limites de velocidade das vias

Respeite os limites de velocidade das vias Campo Grande (MS) – No mundo inteiro, os acidentes de trânsito matam mais que conflitos armados e catástrofes ambientais. Falta de atenção está em primeiro lugar entre as causas de acidentes, juntamente com o excesso de velocidade, não manter a distância segura do carro da frente, ingestão de bebidas alcoólicas, desobediência à sinalização e ultrapassagem indevida. Porém, a infração por  

Uma viagem pela história dos seguros

Uma viagem pela história dos seguros Seguro de vida, de veículos, de residência, de saúde… há séculos, o homem busca controlar o risco e minimizar as perdas em situações inesperadas. Para te deixar por dentro da história dos seguros no Brasil, fizemos uma viagem no tempo. Vem com a gente! Tudo começou em 1808, ano da abertura dos portos ao comércio internacional. Como as viagens marítimas eram muito arriscadas, foi criada a Companhia  

Trânsito mais seguro depende da responsabilidade de todos

Trânsito mais seguro depende da responsabilidade de todos Um trânsito gentil, humano e seguro é possível? A resposta para o questionamento é “sim, isso é possível”. E para chegar a esse patamar, um dos principais caminhos é o respeito às leis e regras de trânsito. O outro é o cuidado com a segurança mantendo o veículo em ordem e, mais que isso, adotando posturas que favoreçam o fim da violência no trânsito. Paciência, gentileza  

O trânsito e sua arrecadação.

A arrecadação gerada pelo ‘trânsito’ no Brasil Todos os dias milhões de pessoas se deslocam para diversas atividades nas  cidades brasileiras. Proporcionar a elas a capacidade de “deslocar-se” é essencial para o acesso ao trabalho, estudo, saúde e lazer — e, sobretudo, direito previsto na Constituição. Adicionalmente, é necessário deslocar recursos ao longo do território nacional — atividade estratégica para a economia e  

O desafio de todos por um trânsito mais seguro.

O desafio de todos por um trânsito mais seguro Na década de 1950, a malha rodoviária brasileira estava em plena expansão, e os incentivos à indústria automotiva faziam crescer exponencialmente a frota de carros no país, que hoje se aproxima de 90 milhões de veículos. Foi nesse contexto que surgiu a Campanha Nacional Educativa do Trânsito, que salientava a importância da educação como forma de prevenir e de erradicar fatalidades nas vias.  

Até que idade posso dirigir um veículo?

Até que idade posso dirigir um veículo? O Código de Trânsito Brasileiro prevê o início da concessão para a direção de veículos a partir dos 18 anos, mas nada define para a aposentadoria dessa concessão. Sabemos que à medida que passam os anos limitações vão aparecendo. Em média, a partir dos 60 anos começamos a ter um declínio na execução de nossas atividades. Em alguns, esse declínio é lento e progressivo, em outros, temos  

A obrigação dos faróis acesos e a realidade nas vias.

A obrigação dos faróis acesos e a realidade nas vias. Recentemente transformada em obrigação para transitar em rodovias durante o dia, a lei número 13.290/2016 permite nesse primeiro momento algumas reflexões acerca daquilo que vivenciamos nas vias de nosso país. Apesar de amplamente divulgada na Imprensa, pelos órgãos e entidades com circunscrição sobre as vias e, ainda, em painéis de mensagens variáveis durante os quarenta e cinco  

O que é o DPVAT e por que há uma CPI sobre o Seguro.

O que é o DPVAT e por que há uma CPI sobre o Seguro O DPVAT é um seguro obrigatório de danos pessoais causados por veículos automotores. Ele cobre toda e qualquer vítima de um acidente de trânsito, seja ela motorista, pedestre ou passageiro do próprio veículo. A cobertura que ele dá é em caso de invalidez permanente, de reembolso de despesas médicas e hospitalares ou até em caso de morte. Nesse caso, a indenização é paga a cada um  

Acidente, fatalidade? Não, foi crime!

Não foi acidente nem fatalidade: foi crime! Fatalidade: aquilo que é fatal. Um destino que não se pode evitar. Fatal: sinônimo de mortal, que remete à morte. Mas, também, aquilo que é marcado por um destino inevitável.  Uma vez que os acidentes de trânsito em mais de 90% dos casos podem ser evitados, porque continuamos a nos referir a crimes de trânsito como fatalidade? Porque continuamos tratando aquilo que pode ser evitado como vontade