Pane seca além de multa pode gerar prejuízo ao motor do veículo.

Pane seca gera transtornos e pode comprometer o motor do veículo

pane-seca660

Apostar para ver é um dos riscos no trânsito, onde a prudência e a prevenção são requisitos básicos.  Uma das apostas que nunca deve ser feita é estimar até onde o combustível –  cujo marcador apontar os litros finais – te levará. Abastecer o veículo para garantia da tranquilidade até seu ponto de chegada é uma das qualidades do condutor consciente que busca fugir das ‘eventualidades’ que podem colocar em risco até mesmo sua segurança e a dos outros com quem compartilha as vias.

Condutores que deixam para reabastecer o veículo apenas quando o combustível está quase zerado, apostando na sorte ou pensando que agindo deste modo está economizando, correm um sério risco; o da pane seca, ou seja, ficar sem combustível nas vias ou rodovias.

No caso dela ocorrer, o trabalho de ter que encontrar um posto – que pode não estar próximo – e a demora que pode enfrentar até ter seu carro removido são apenas alguns dos outros problemas decorrentes da pane seca.

Aliado a todos esses pode vir outro, cujos custos financeiros para superá-lo costumam ser significativos: a possibilidade de danos na bomba de gasolina e de sobrecarga no sistema de alimentação do veículo. Isso porque a bomba carrega o combustível do tanque até o sistema de alimentação do motor e fica dentro do tanque. Atualmente todas elas, praticamente, são acionadas por um motor elétrico e devem ficar imersas no combustível, o que ajuda a mantê-la resfriada, prolongando sua vida útil.

Trafegar com pouco combustível colabora para o acúmulo de sujeira no tanque, sujeira essa que passa para o pré-filtro que, aos poucos, entope e vai bloqueando a capacidade da bomba aspirar o combustível e acaba queimando. A manutenção periódica deve ser feita com a troca do filtro externo e do pré-filtro;  a regularidade para isso varia com as orientações do fabricante.

O problema é que, se apresentar qualquer problema, a bomba terá de ser substituída – porque não haverá como consertá-la – e os custos com a mão de obra e substituição da peça não costumam ser baixos.

Portanto, o condutor deve avaliar bem os transtornos e riscos – como o de vida (porque a parada do veículo pode até mesmo provocar acidente ou deixá-lo em local perigoso ou ermo. E já pensou se for à noite, o risco com a segurança? Além do gasto dispensável que poderá gerar a si próprio. Afinal, um tanque de combustível – ou menos que isso – pode fazer a diferença.

É importante, também, lembrar que a pane seca é considerada uma infração pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que prevê autuação com multa de R$ 85,13 e 4 pontos na Carteira de Habilitação (CNH).

FONTE: http://www.onsv.org.br/noticias/pane-seca-gera-transtornos-e-pode-comprometer-o-motor-do-veiculo/

Deixe o seu comentário

Você deve estar logado para comentar.