Maio Amarelo

Educação no trânsito será principal abordagem do ‘Maio Amarelo’ no AP

Campanha que também terá fiscalizações repressivas no estado foi lançada nesta terça-feira (9), em evento em Santana.

Programação do 'Maio Amarelo' começou nesta terça-feira (9), em Santana (Foto: Pollyanna Stockman/Detran/Divulgação)

Educação no trânsito será a principal abordagem da campanha “Maio Amarelo”, coordenada pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e outros órgãos, para garantir mais segurança nas ruas e rodovias. A campanha foi lançada no Amapá oficialmente nesta terça-feira (9), em Santana, a 17 quilômetros de Macapá, com uma palestra.

Além de medidas de conscientização, a campanha, que acontece pelo mundo todo, fará fiscalizações repressivas como forma e educar condutores e pedestres no trânsito.

“Infelizmente, não existe uma disciplina consciente de um indivíduo ver que existe uma legislação, proibindo determinada conduta, e ele se comportar de acordo com o que a norma diz simplesmente porque a norma diz. Faz-se necessária uma fiscalização efetiva e faz-se necessária a repressão. Algumas pessoas só entendem dessa forma”, disse o diretor do Detran, Inácio Maciel, em entrevista ao Amapá TV, do grupo Rede Amazônica.

'Maio Amarelo' quer reduzir números de acidentes de trânsito no Amapá (Foto: Divulgação/ BRPM)

A cerimônia de abertura aconteceu com a palestra “Minhas escolhas fazem a diferença no trânsito”, ministrada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Durante todo o mês de maio haverá palestras e blitze para conscientizar os amapaenses e evitar acidentes de trânsito que, na maioria dos casos, são causados pela imprudência.

“A campanha se volta muito para esse lado do educativo, buscando conscientizar a população, o motorista, o motociclista e o pedestre, da importância da sua atenção no trânsito. A imprudência é sim um dos fatores que faz com que a gente tenha que passar informações como essa para a população”, comentou Maciel.

Maio Amarelo

Instituído pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o movimento internacional atende às metas da Organização das Nações Unidas (ONU), que pretende reduzir o número de acidentes de trânsito em todos os continentes até 2020.

FONTE: http://g1.globo.com/ap/amapa/noticia/educacao-no-transito-sera-principal-abordagem-do-maio-amarelo-no-ap.ghtml

Deixe o seu comentário

Você deve estar logado para comentar.